terça-feira, 11 de novembro de 2008

Júpiter abala a Terra

Na reunião anual da American Heart Association que se realiza em Nova Orleans foi apresentado o JUPITER. Ensaio clínico que mostrou que uso de estatina reduz a incidência de infartos do miocárdio, acidente vascular cerebral, internação por angina instável e morte cardiovascular em indivíduos com colesterol normal, mas com valores elevados da proteína C reativa. Há muito a discutir. Importante que o professor Francisco Fonseca da UNIFESP participou do estudo e, quando ele voltar dos Estados Unidos será entrevistado pelo blogue. Aguardem. O texto completo pode ser acessado no site do The New England Journal of Medicine. O autor do texto é Paulo Ridker com quem trabalhei em Boston e, a segunda autora Eleanor Danielson é a mais fantástica organizadora de pesquisas que conheci. Interessante que administradores não recebiam autoria, agora, merecidamente Ellie está na lista.

Um comentário:

Ricardo Carvalho disse...

Esse Júpiter tem muito de criticável, é um estudo encomendado pela indústria das estatinas para tentar aplicá-las em pessoas saudáveis. Os participantes não eram pessoas saudáveis, mas sim pessoas de idade avançada em que 41% tinha síndroma metabólico. No grupo das estatinas a incidência de diabetes aumentou e talvez por isso o estudo foi interrompido, numa altura conveniente -
http://www.canibaisereis.com/2008/11/12/estatinas-para-todos/